Ir para o conte�do
Financiamento de veículo Melhores empresas

As melhores financeiras de veículo do Brasil

Leitura: 11 min
2746 visualizações

Como muitos sabem, ter um veículo é o grande desejo de praticamente todos os brasileiros. Porém, dispor de dinheiro para dar entrada e/ou então comprar o veículo à vista é uma realidade muito distantes para brasileiros e brasileiras. Sendo assim, a melhor maneira de enfim conquistar o tão desejado automóvel é através de um financiamento.

Entrar em um financiamento é sem sombra de dúvidas um dos caminhos mais indicados para quem deseja comprar um veículo em um curto espaço de tempo. Embora o financiamento represente uma parcela que pode durar anos na vida dos motoristas, é sempre possível fazer escolhas para evitar o tão temido endividamento e também o atraso nas parcelas.

Vejamos o seguinte exemplo: comparar as taxas de juros e escolher a menor opção, isso é algo totalmente lógico e deve ser feito por quem vai financiar um veículo. O motivo? Quanto maior for a taxa de juros, mais caro será o financiamento.

Dar uma entrada em dinheiro e negociar com gerentes também podem amortizar os valores e parcelas, mas a primeira coisa a ser levada em consideração antes de entrar em um financiamento é observar as taxas de juros.

Para que serve uma financeira?

As instituições financeiras no Brasil possuem uma grande gama de atuação no mercado. Suas finalidades básicas são de oferecer créditos e empréstimos aos consumidores. As empresas que focam nesse segmento foram apelidadas de financeira pelo povo e hoje são tão grandes quanto alguns bancos.

Porém, é válido ressaltar que algumas corretoras de seguro auto e também Bancos fornecem serviços às pessoas como crédito, empréstimo e principalmente ofertas de financiamento.

Montadoras normalmente oferecem taxas de financiamento menores

Embora muita gente desconheça, existem uma série de instituições financeiras que estão ligadas às montadoras. Essas instituições geralmente costumam oferecer taxas mais baixas do que as oferecidas por bancos e financeiras particulares, pelo simples fato das montadoras subsidiarem as taxas, como forma de incentivar a compra de automóveis.

De acordo com dados do Banco Central, as instituições financeiras ligadas às montadoras cobram taxas que podem representar mais de 8% de variação ao ano para baixo, algo que reflete diretamente no bolso dos motoristas que desejam obter seu veículo, mas que também buscam grande economia.

De todo modo, o atual momento da economia pede consultas e cotações detalhadas. Especialistas na área de economia e finanças afirmam que vale a pena consultar no maior número de estabelecimentos possíveis a fim de encontrar uma oferta que seja mais barata.

“A concorrência de instituições financeiras, bancos de varejos e bancos de montadoras, por fim acaba sendo benéfica para quem deseja comprar seu carro através de financiamento”.

Dependendo do momento, o banco de varejo pode até oferecer taxas que são mais atrativas do que as oferecidas por bancos de montadoras. Recentemente a Caixa Econômica Federal realizou um feirão automotivo onde oferecia taxas extremamente reduzidas a clientes que financiassem a compra do carro pelo banco.

Por isso, tudo precisa ser analisado com muita paciência.

CET também deve ser observado e levado em consideração

Um grande segredo que muita gente não revela é que para verificar qual financiamento pode ser mais vantajoso não basta apenas cotar as taxas de juros que estão sendo oferecidas pelas instituições financeiras. É de suma importância também verificar qual será o Custo Efetivo Total – CET da operação.

O CET nada mais é do que a taxa que mostra não apenas os juros, mas também todos os encargos e despesas que estão incluídos no financiamento do carro, tais como seguro auto contra inadimplência, tarifas de abertura de crédito, taxas administrativas e principalmente impostos. Quanto menor for o valor do Custo Efetivo Total, menor será o valor final a ser pago pelo comprador.

Atualmente a legislação brasileira obriga que bancos de varejo, bancos de montadoras e principalmente instituições financeiras divulguem o CET aos clientes. Essa informação deve obrigatoriamente estar incluída no contrato do financiamento/empréstimo.

Ranking das melhores financeiras de veículos do Brasil

Afirmar que uma instituição é melhor do que a outra em matérias de taxas de juros infelizmente ainda é algo difícil de ser feito, é a mesma coisa que dizer que uma corretora de seguro auto é mais cara que a outra.

Tanto um financiamento, quanto um seguro auto leva em consideração uma série de formulários que precisam ser preenchidos que podem alterar o valor final a ser gasto tanto para cima, quanto para baixo.

Pensando em facilitar a vida de quem busca financiar um veículo, mostraremos a seguir um ranking dos dez melhores estabelecimentos (financeiras) para financiar um veículo. A diferença de taxas ao mês e ao ano em algumas comparações chega a ser assustadora. Confira.

  1. Banco Mercedes Benz – o banco da montadora alemã possui taxas de 0,91% ao mês que totalizam 11,54% ao ano;
  2. BMW financeira – a exemplo da Mercedes, as taxas são baratas. 0,93% ao mês que ao final do ano chegam ao montante de 11,77%;
  3. Banco PSA Finance Brasil (Peugeot e Citroen) – nessa instituição as taxas são de 1,09% ao mês e 13,84% ao ano;
  4. Banco GMAC (General Motors / Chevrolet ) – aqui a taxa ao mês é de 1,24% ao mês, totalizando 15,96% ao ano;
  5. Banco Volkswagen – no banco da montadora alemã a taxa mensal é de 1,38%, fazendo com que o total ao término de 12 meses chegue a 17,91%;
  6. Banco Toyota – A instituição da montadora nipônica possui taxas 1,49% ao mês que totalizam 19,46% ao ano;
  7. HSBC – a Instituição de varejo possui taxas de 1,59% ao mês. Esse valor mensal chega a 20,88% ao ano;
  8. Caixa Econômica Federal – A famosa instituição nacional possui taxas de 1,60% ao mês, que chegam a 21,08% ao ano;
  9. Banco do Brasil – O banco do Brasil possui taxas de 1,62% ao mês, chegando a 21,28% ao ano;
  10. Banco Santander – A instituição de varejo possui taxas de 1,65% no período de 30 dias. Ao término de 12 meses, essa taxa chega a 21,70%;
  11. Itaú – o banco Itaú possui taxas de 1,66% ao mês, chegando a 21,87% ao ano;
  12. Bradesco – Já o Bradesco fecha a lista das instituições com taxas de 1,73% ao mês, totalizando 22,81% ao ano.

Os gastos de quem financia um carro não ficam apenas nas parcelas do veículo

Algo muito importante que precisa ser lembrado ao comprador antes de fechar negócio é que os gastos com o automóvel não ficarão apenas com as parcelas do financiamento.

Para poder rodar com o veículo o motorista precisará arcar com outra série de despesas, tais como: IPVA; licenciamento, combustível, manutenções preventivas; manutenções corretivas sem falar na grande necessidade do seguro auto.

É importante salientar que motoristas que não conseguem arcar com as mensalidades do financiamento podem ter o veículo apreendido pela instituição financeira, como principal forma de sanar as dívidas contraídas pelo comprador.

Depois de fechar o financiamento, seguro auto é o serviço mais importante a ser contratado

Com altos índices de roubos e furtos no país não existe melhor maneira de proteger o veículo recém financiado com a contratação de um seguro auto. Embora alguns motoristas acreditem que equipamentos eletrônicos como alarmes e/ou então rastreadores possam garantir a segurança do automóvel, a maior proteção é proveniente do seguro auto.

Imagine a hipotética situação: Você acaba de adquirir o veículo através de um financiamento, você então resolve instalar um alarme ou rastreador pensando em economizar e não contrata o seguro auto.

Com uma série de parcelas a serem pagas você tem o seu veículo furtado ou roubado, as chances de você recuperá-lo são relativamente pequenas. Mesmo com um rastreador, você pode chegar ao seu veículo e se deparar apenas com a carcaça já totalmente desmanchada.

Outra situação que pode ocorrer, é o motorista sair dirigindo com o veículo, se envolver em um acidente com terceiros e ter que pagar pelo conserto do carro de outro(s) motoristas(s).

Se o proprietário do veículo não tiver um seguro auto contra terceiros ele vai precisar bancar os gastos com funilaria do seu veículo e do(s) veículo(s) de terceiros envolvidos no acidente, além de precisar continuar pagando as parcelas do financiamento. Um verdadeiro prejuízo, não é mesmo?

Quem financia um veículo, e tem o automóvel roubado, infelizmente tem que pagar todo o restante do financiamento contratado. Não existe uma saída para isso. Por isso é tão importante cotar e contratar um seguro auto antes mesmo de tirar o veículo da concessionária.

Muitos motoristas não se dão conta da importância desse tipo de proteção e ficam atrelados somente ao preço final. Poucos sabem que há uma série de seguros auto que podem ser contratados, que cabem no orçamento. Além disso, existe uma série de recursos que podem deixar o veículo mais seguro.

Portanto se você financiou um veículo, não dê sorte para o azar. Faça uma cotação online, preencha o formulário e ganhe um belo desconto na hora de contratar um seguro auto para o seu veículo recém adquirido. Contar apenas com a sorte nos dias atuais é algo totalmente inimaginável e perigoso, quando o assunto é proteção veicular, o seguro auto é uma proteção um tanto quanto necessária. Quem ama cuida e quem cuida contrata um seguro auto.

Recomendado para você:

Postagens mais vistas:

Faça um orçamento: