Roubo de carro: 7 dificuldades que passará se não tiver um seguro de carro

nov 24, 2016 (0) comentário , ,

Comprar um carro nos dias de hoje é uma tarefa um tanto quanto difícil. É necessário muito esforço, trabalho e principalmente economia para conseguir comprar seu tão sonhado veículo, seja à vista, ou então parcelado.

Depois de realizar seu sonho e ter seu carro à sua disposição é preciso ainda prestar muita atenção nas despesas como estacionamento, combustível, manutenção, impostos e claro, é preciso pensar no seguro de carro.

Tão importante quanto fazer um investimento a fim de melhorar sua locomoção no dia-a-dia, é protege-lo. Você pode não precisar utilizar o seguro auto em seu primeiro ano de contrato, talvez também não precise no segundo ano também, em alguns casos você pode nunca usar (e tomara que realmente não precise).

Uma pessoa inconsequente pensará: “Eu dirijo muito bem, nunca bati o carro, não preciso de nenhum tipo de seguro”; porém, essa pessoa não leva em consideração furtos, incêndios, além de uma série de muitos outros problemas que podem acometer seu veículo. Atualmente não dá apenas para contar com a sorte, quando o assunto é proteger seu carro.

SAIBA QUANTO VOCÊ VAI PAGAR PELO SEGURO DO SEU CARRO. CLIQUE AQUI!

Não ter um seguro de carro nos dias de hoje é um verdadeiro tiro no pé. E pode trazer uma série de dificuldades e perrengues na vida do motorista sem cobertura. Separamos no texto a seguir, algumas das dificuldades pelas quais um motorista sem seguro provavelmente irá passar. Confira:

1. Ter que pagar por um guincho

Quem possui um carro sabe que mesmo com manutenções preventivas e corretivas existe o risco do veículo apresentar algum tipo de problema com relação ao seu funcionamento. Isso é um perigo que existe para todo e qualquer proprietário de veículo. A situação pode ser um tanto quanto pior se o carro apresentar algum tipo de problema enquanto estiver em rodovia, durante uma viagem a negócios e/ou então simples e puramente a lazer.

Um motorista que não dispõe de seguro auto e vê seu carro quebrado na estrada, certamente terá que desembolsar uma grande quantia de dinheiro com um guincho para ter que levar seu carro de volta para casa, é o típico exemplo de quando o barato pode sair caro.

2. Ter que pagar por táxi

Viagens geralmente são feitas entre amigos ou então em família. A chance de alguém cair na estrada com seu carro de maneira solitária atualmente quase inexiste. Colocando isso em pensamento geral, normalmente um carro comum pode transportar até 5 passageiros. Caso esse veículo apresente algum tipo de problema na estrada e precise de guincho, a falta do seguro de carro vai pesar para todos os integrantes ou então para o pai de família.

No caminhão de guincho, cabem o motorista e mais dois integrantes, por lei não é permitido que passageiros viagem dentro do carro guinchado por motivos de segurança. Então em uma situação onde haviam 5 passageiros no carro, 3 não poderão ir embora com o guincho, o que resultará na necessidade de pagar um táxi para poder ir embora. O serviço de táxi é oferecido por seguradoras no caso de quebras e/ou acidentes, e quem não possui seguro certamente passará por mais essa dificuldade.

3. Não ter um carro reserva

Uma prática muito comum de seguradoras aos seus segurados é dispor um veículo reserva caso o veículo titular tenha sofrido algum tipo de dano ou problema. Se você possui seguro e já teve seu carro danificado e/ou precisou deixá-lo parado por algum problema mecânico certamente recebeu do seguro um veículo reserva para rodar e seguir a vida normalmente.

Essa é mais uma grande dificuldade que pessoas que não possuem seguro auto que batem o carro, ou então que seus veículos apresentem algum tipo de problema mecânico costumam enfrentar.  Durante o período de conserto do automóvel, normalmente ficam a pé tendo a rotina toda prejudicada e afetada pelo simples fato de não possuir um seguro para seu carro. Um verdadeiro prejuízo.

4. Contas de oficinas mecânicas muito caras

Uma realidade de quem possui um carro é a necessidade de manutenções preventivas e também corretivas. Infelizmente quem é proprietário de um veículo, adquire uma série de gastos para que seu automóvel esteja sempre rodando em ordem.

O que muita gente desconhece é que é ter um seguro auto pode ser muito útil na hora de pagar as contas da oficina.

Atualmente existem oficinas mecânicas que trabalham em conjunto com uma série de seguradoras e oferecem muitos descontos em diversos serviços aos segurados. Desde simples trocas de pneus, balanceamento e alinhamento até serviços profundos de mecânica automotiva, se você possui seguro, ganhará um desconto no serviço prestado.

Esse desconto em oficinas mecânicas é algo que não existe para quem não possui seguro. Podendo ser considerado então, uma dificuldade a mais que o condutor não segurado certamente enfrentará no seu dia-a-dia.

5. Ter que arcar com as despesas de um acidente

Um acidente de carro certamente é uma das coisas mais assustadoras pela qual um motorista e também passageiros podem passar. O risco de se machucar, e o risco de vida são os principais componentes de preocupação no caso de uma colisão.

Sempre que um acidente automotivo ocorre a primeira preocupação é com o bem-estar físico, psicológico e emocional de todos os envolvidos. Assim que a poeira baixa e contata-se de que todos estão bem, a preocupação se torna outra: Os danos ocorridos ao veículo e de que maneira o automóvel será levado para o local de conserto.

Ter que arcar com as despesas de um acidente não é algo fácil, e pode ser muito dispendioso. O motorista que não tem seguro de carro e é culpado em um acidente precisará arcar com as despesas de conserto do seu carro, algo geralmente não muito barato. A situação pode ser ainda pior quando há outro veículo envolvido, pois, além de ser necessário arcar com os custos de despesa do próprio automóvel, será necessário pagar também a conta de quem foi abalroado, ou seja, uma dupla despesa.

E isso não é tudo. Se o acidente tiver sido relativamente forte, se faz necessário a presença de um guincho para levar o automóvel para a oficina mecânica e/ou concessionária, algo que engoda ainda mais a conta a ser paga. Dessa forma, analisando friamente a situação, é possível constatar que não ter seguro é uma grande furada.

6. Peças e itens mais caros

Outra grande dificuldade que enfrentam os motoristas sem seguro é precisar desembolsar maiores quantias de dinheiro caso precise comprar alguma peça para seu veículo. A exemplo das oficinas que oferecem descontos a motoristas segurados, existem também uma série de autopeças que fornecem descontos um tanto quanto generosos a motoristas que possuem seguros das mais diferentes seguradoras.

Dessa forma, mais uma vez é possível concluir que não ter seguro, pode sair mais caro caso haja a necessidade de repor uma peça.

7. Ficar sem o veículo

No Brasil, são registrados um roubo de carro a cada três minutos. Independentemente do local onde se vive, essa é uma média nacional. Maranhão é o estado onde os índices são maiores, porém é em São Paulo que praticamente a metade dos roubos de carros acontecem, isso pelo simples fato do estado ter a maior frota automotiva do país.

Ter um seguro de carro não serve apenas para proteção em caso de acidentes e quebras. Certamente o maior tipo de proteção que um seguro oferece é o segurado não perder seu caso em carro de roubo. Acidentes podem ser evitados, porém, um roubo ou um furto são coisas totalmente impossíveis de se prever. Trabalhar duro para comprar um carro, continuar trabalhando de maneira pesada para mantê-lo funcionando e não ter proteção nem tranquilidade é um verdadeiro absurdo.

Se um segurado tiver seu veículo roubado, basta acionar o seguro, pagar o valor de franquia que em um curto espaço do tempo receberá todo o valor do seu carro, para a compra de um outro automóvel, ou seja, o segurado não fica sem seu veículo em caso de roubo, incêndio ou acidente que cause perca total.

Isso é algo que inexiste para uma pessoa que não possui seguro auto. Um carro desprotegido se torna um objeto totalmente vulnerável, e seu proprietário corre o risco real de ficar sem o seu veículo e acredite, não há dificuldade maior do que essa para que não possui seguro.

Proteja seu carro e não passe por dificuldades – contrate um seguro auto

Cada proprietário sabe quão difícil e trabalhoso foi conseguir comprar um carro. Deixar o veículo vulnerável nos dias de hoje é um verdadeiro absurdo diante dos números de roubos de carros.

Atualmente existem uma série de seguradoras e contratar um seguro de carro é muito mais fácil do que parece, você consegue fazer isso sem nem sair de casa. Basta acessar esse link, fazer uma simulação de acordo com seu perfil, fechar negócio e ainda por cima ganhar um belo desconto.

Não perca mais tempo, faça agora mesmo sua cotação, contrate um seguro para seu carro e fique totalmente tranquilo e despreocupado.

Comentário (0)

Deixar comentários