Como escolher o seguro ideal para seu carro

mar 02, 2017 (0) comentário ,

Como muitos sabem, o transporte público no Brasil, infelizmente ainda é um tanto quanto ineficaz, além de ser falho em muitas outras situações e/ou oportunidades. Dessa maneira, não é incomum encontrar pessoas que moram em grandes capitais do país dizer a célebre frase: “Um dos meus maiores desejos é ter meu veículo e com isso ser totalmente livre e não depender de ônibus, trens e metrô para me locomover”.

O brasileiro é um povo totalmente apaixonado por carros, prova disso é que um dos sonhos/desejos de muitas pessoas é ser dono do seu próprio veículo. O carro próprio figura entre os três maiores desejos das pessoas que moram no Brasil.

Porém, nem tudo são flores quando o assunto é ser dono do próprio veículo, afinal quem adquire um carro precisa se programar para uma série de despesas como IPVA, licenciamento, seguro auto, rastreador, gasolina, revisões mecânicas, trocas de peças e muitos outros gastos que podem mexer literalmente com a cabeça e como bolso do motorista.

Insegurança e grande taxa de roubos

Embora muita gente desconheça tal fato, a infeliz verdade é que o Brasil é um verdadeiro campeão de roubos de carros. Atualmente, um veículo é roubado a cada três minutos em território nacional. São Luiz – capital do Maranhão, e São Paulo são as cidades onde o maior número de roubos se concentra, a primeira cidade pela escassez de policiamento, e a segunda pelo simples fato de possuir basicamente grande parte da frota de veículos do país.

Autoridades policiais são unânimes em afirmar que o principal motivo desse grande número de roubo veicular é a venda de peças e também de carros inteiros por valores muito inferiores do que realmente valem no mercado negro. “Se a compra de peças e veículos roubados cessassem, a taxa de roubos cairia de maneira vertiginosa” afirmam especialistas de corretoras de seguro auto.

Trânsito um tanto quanto violento

Assim como o alto número de roubos, é muito alto o índice de morte e acidentes em ruas e estradas brasileiras. Por ano, cerca de 50 mil brasileiros perdem suas vidas devido a acidentes de trânsito. De acordo com autoridades de trânsito e tráfego, a violência no trânsito brasileiro mata tanto quanto guerras e atentados espalhados pelo mundo. Diante desse grande impasse, o Governo Federal, de maneira conjunta com o Ministério da Saúde, Governos estaduais e municipais promovem uma série de ações e medidas a fim de promover uma política específica de educação no trânsito, visando prevenir e consequentemente diminuir os números de acidentes e vítimas desse trânsito tão violento.

Com toda essa insegurança, seguro auto é mais do que necessário

Além de ter um alto índice de roubos, o Brasil possui também um dos trânsitos mais violentos de todo o mundo. Situações que mostram ao motorista que ele realmente precisa contratar um seguro auto.

Imagine a seguinte situação: Você acaba de comprar seu veículo, o estaciona em frente à sua casa e quando vai sair ele não está mais lá. Um verdadeiro transtorno. Esses casos são um tanto quanto comuns. Há situações em que pessoas compram o veículo de maneira financiada, não contratam seguro auto, têm seus veículos roubados e ainda precisam pagar o financiamento sem sequer ter o bem, infelizmente não há recursos para resolver esse problema.

Some-se a essas situações as chances de se envolver em um acidente, o qual você é o culpado e precisar pagar pelo conserto de veículos de terceiros que foram abalroados no acidente, uma dor de cabeça enorme, além de certamente ter o saldo de sua conta diminuído.

Portanto, contratar um seguro auto para seu veículo, independentemente do momento em que isso for feito é uma verdadeira necessidade, que compensa todo o dinheiro que for investido.

Principais vantagens de contratar um seguro auto

Contratar um seguro auto traz uma série de benefícios e vantagens ao seu contratante, as principais são:

  • Poder ir a qualquer lugar com seu veículo de maneira tranquila, sabendo que estará protegido;
  • Ter a certeza de que não ficará a pé, pois em caso de furto ou acidente em que o carro seja avaliado como perda total, a seguradora irá cobrir o valor de tabela FIPE do veículo segurado;
  • Caso o motorista se envolva em algum acidente, seu carro e o carro dos terceiros envolvidos terão os consertos pagos pelo seguro auto contratado;
  • Em caso de quebras, ou então acidentes em estradas ou locais longínquos, a seguradora irá enviar um guincho e um táxi para levar o motorista de volta à sua casa, sem que haja qualquer tipo de cobrança adicional por esse tipo de serviço;
  • Descontos em uma série de autopeças e oficinas mecânicas credenciadas pela seguradora espalhadas por muitos estados do país;
  • Bônus e descontos progressivos em caso de não utilização do seguro auto no ano anterior.

Como escolher o seguro auto ideal para seu carro

Que é importante e extremamente necessário a contratação de um seguro auto, você já sabe. Mas o que você ainda não sabe é como escolher o seguro auto ideal para seu carro. Sendo assim, achamos melhor poupar você desse trabalho e mostraremos a seguir, a melhor maneira de escolher o seguro auto ideal para você e para seu carro, confira.

1. Comparando preços entre as seguradoras

Embora poucas pessoas saibam, um seguro auto com coberturas semelhantes em diferentes seguradoras pode apresentar grandes diferenças de preço, porém é preciso salientar que nem sempre pagar o preço mais barato é sinônimo de bom negócio. Um seguro auto mais barato, pode por exemplo ter um valor de franquia mais elevado ou então oferecer menos cobertura e segurança. Portanto, saiba o que deseja contratar e faça uma cotação com no mínimo três seguradoras automotivas diferentes.

2. Contrate apenas o que você realmente precisa

Antes de contratar um seguro auto, verifique se as coberturas e serviços que serão contratados atendem às suas necessidades. Caso o segurado irá utilizar pouco o carro, é possível retirar algumas coberturas e serviços adicionais, por outro lado, se o veículo for utilizado de maneira frequente, para trabalhos e estudos, por exemplo, recomenda-se a contratação de coberturas mais amplas, como carro reserva e assistência 24 horas.

3. Atenção ao valor da franquia

Quanto maior for o valor da franquia, menor será o da apólice. No entanto, antes de optar pela franquia mais barata é preciso lembrar que em caso de acidentes, roubos  furtos a despesa de franquia serão um tanto quanto elevadas para eventuais consertos, e recebimento de valor de tabela Fipe do veículo.

4. Pense nos terceiros

Para dirigir com segurança e tranquilidade não basta se auto proteger, pensar na segurança de terceiros é um tanto quanto necessário no momento de contratação do seguro auto. Ninguém está vulnerável a acidentes de trânsito, portanto incluir a cobertura RCF-V (Responsabilidade Civil e Facultativa) é fundamental para que o seguro auto cubra uma série de despesas com terceiros envolvidos em um acidente, que podem ser: conserto de carros; conserto de imóveis; despesas médicas (em caso de atropelamento) e cobertura para patrimônios públicos, caso o acidente envolva derrubada de postes ou guardrails, por exemplo.

5. Conheça o mercado de veículos

Antes de comprar seu veículo faça uma pesquisa de quais veículos são mais roubados e/ou visados para retiradas de peça e consequente venda em mercados negros. Um carro que tem alto índice de roubos e furtos, normalmente possuem seu valor de seguro auto mais elevado. Portanto, o percentual de roubo e furto do seu futuro veículo, pode render um belo desconto na contratação de seu seguro auto.

6. Ter dispositivos de segurança diminui o valor do seguro auto

Ter equipamentos que dificultem a ação de bandidos e/ou então que auxiliem na localização de veículos que foram furtados diminui de maneira considerável o valor do seguro auto. Portanto se você tiver alarmes; rastreadores; chaves gerais; travas de pedais, câmbios e volantes em seu veículo, você certamente irá ganhar um belo desconto na contratação do seu seguro auto.

7. Garagem própria significa seguro auto mais barato

Outra grande situação que as corretoras de seguro auto leva em consideração na hora de orçar um valor aos seus futuros clientes é o local onde o carro será estacionado. Se o proprietário do veículo possuir garagem própria, então o valor do seguro auto será mais barato, já se o carro tiver que dormir na rua, certamente o contratante terá que desembolsar uma quantia de dinheiro maior para ter seu veículo protegido.

8. Mulheres pagam menos pela segurança de seus veículos

Pouca gente sabe, mas mulheres são consideradas melhores motoristas do que homens pelas corretoras de seguro auto. Portanto, se o proprietário do veículo contratar um seguro auto e colocar na apólice que sua esposa também dirige o carro a ser segurado, certamente o valor da contratação será mais baixo.

Rodar com seu veículo de maneira desprotegida nos dias de hoje é uma verdadeiro descuido, a melhor maneira de rodar tranquilo é através da contratação do seguro auto. Agora que você já leu todas as nossas dicas e sabe como escolher o seguro auto ideal para seu carro, não perca mais tempo, faça uma cotação online preenchendo todos os seus dados de maneira fidedignas e ainda ganhe um belo desconto na contratação do seu seguro. Não vacile, quem cuida protege e proteção veicular é só com seguro auto.

Comentário (0)

Deixar comentários