10 razões para ter um rastreador de carro

dez 29, 2016 (0) comentário , ,

A cada três brasileiros que forem questionados sobre o seu desejo de comprar um carro, três afirmarão que entre seus desejos é ter um carro. Na verdade, o terceiro maior desejo do brasileiro é de ter um veículo próprio e com isso deixar de utilizar o precário sistema de transporte público presente em muitas das grandes cidades do país.

Porém, ter um carro em solo brasileiro é uma tarefa arriscada e um tanto quanto perigosa, que requer atenção, zelo, e principalmente muito cuidado dos motoristas que são proprietários dos próprios veículo. Isso porque o Brasil é praticamente um campeão de roubo automobilístico, o registro atual mostra que a cada três minutos um veículo é roubado por aqui. São Luís, a capital do estado do Maranhão é a cidade que possui o maior índice de roubos, porém, devido a sua grande frota de veículos, é em São Paulo que quase metade dos carros de todo o país são roubados.

Índices assustadores, motoristas precavidos

Um carro ser roubado em uma média de três minutos é um índice assustador que faz com que os motoristas se tornem um tanto quando precavidos. No ano de 2015, mais de 210 mil carros foram roubados em todo o território nacional, esses números fazem com que motoristas encontrem formas diferentes de proteger seus carros, como travas, alarmes, e claro, contratação de um seguro auto.

Especialistas em segurança pública afirmam em uníssono que “o mais importante para cessar e/ou então ao menos diminuir é investigar de maneira mais profunda todo o círculo vicioso de roubos de comércio de veículos que foram roubados. Somente com análises detalhadas e investigações profundas o número de roubos de veículos cairá no país”.

Segundo a FenSeg – Federação Nacional de Seguros Gerais, há atualmente dois motivos que motivam o alto número de roubos de carros em todo o país: O primeiro motivo é a revenda desses carros roubados por um preço muito abaixo dos praticados pelo mercado, e o segundo é a revenda de peças no mercado paralelo, por preços também muito mais atrativos do que uma peça nova, por exemplo. Por isso, atualmente na intenção de estarem imunes a roubos, muitos motoristas deixam de comprar veículos que são mais visados pelos ladrões de carro.

A PMSP – Polícia Militar do Estado de São Paulo, explica que há ainda outros dois pontos importantes que devem ser levados em consideração no momento de explicar a lógica do alto número de roubos de veículos no país e no estado: “Muitos bandidos procuram carros que dificilmente serão identificados e/ou localizados como produto de roubo/furto, além disso, há muitos carros que podem ser utilizados em outros tipos de crimes, como sequestro ou furto de residências, que precisam de carros grandes com porta-malas grandes”.

O esforço das montadoras para manter os carros mais seguros não para, sempre há novidades tecnológicas que visam impedir, ou então ao menos minimizar o roubo de carros, entre as principais tecnologias empregadas pelas montadoras na tentativa de tornar os veículos mais seguros estão: alarmes, reconhecimento de impressão digital, reconhecimento de retina, reconhecimento de voz e até mesmo reconhecimento de peso do condutor. Porém, infelizmente um carro a prova de roubo, ainda não está disponível para ser comprado no mercado.

Rastreador vem ganhando cada vez mais espaço entre os motoristas

Na tentativa de manter seus veículos mais seguros, motoristas estão apelando para um aparelho que antes era visto apenas em histórias de ficção e filmes de ação nos cinemas, o rastreador. A utilização do rastreador pode ser um grande aliado ao seguro auto, trazendo uma série de benefícios, além de tranquilidade para quem tem o dispositivo instalado em seu carro. A seguir, listaremos uma série de razões para ter um rastreador de carro, confira.

1. Barateamento do preço do seguro

Se existe algum item que pode deixar seu seguro auto ainda mais barato, esse item é o rastreador veicular, afinal ele ajuda tanto na busca, bem como na recuperação do veículo que foi roubado, em alguns casos, ter um rastreador instalado no veículo pode tornar o seguro auto até 30% mais barato em comparação aos veículos que não possuem qualquer tipo de rastreador instalado.

2. Ajuda em casos de roubos de veículos

Nos casos de roubos de carro, é possível saber a localização do veículo de modo imediato e iniciar o processo de recuperação do carro o mais rápido possível. As chances de não encontrar um veículo que foi roubado e não possui rastreador são grandes, de acordo com as seguradoras, 98% dos veículos roubados não são mais encontrados.

3. Maior segurança pessoal

Com a localização do veículo em tempo real, o rastreador ajuda as autoridades, em caso de sequestro a encontrar a vítima de maneira rápida e precisa. Há ainda recursos em alguns rastreadores que contam com a tecnologia de botão de pânico, e também a cerca eletrônica.

O botão de pânico fica escondido em um local do carro, cujo apenas o motorista tem conhecimento e pode ser acionado por ele em algum momento de perigo. Ao fazer isso, um alarme é enviado a central de monitoramento do rastreador que automaticamente avisa a polícia que um crime está acontecendo, essa tecnologia fornece exatamente o local do veículo e permite as autoridades buscarem o veículo, bem como o motorista que pode ter sido feito refém.

Já o dispositivo de cerca eletrônica permite que o motorista marque uma área da cidade onde ele normalmente trafega com seu carro, por exemplo, a área que percorre para ir ao trabalho, diariamente. Caso o veículo saia desse perímetro, o motorista recebe uma mensagem em seu celular, ou então por e-mail, possibilitando assim, saber onde seu carro está. Algo fundamental no caso de um furto de veículo, por exemplo.

4. Desligamento remoto

Outra grande razão para ter um rastreador veicular é o desligamento remoto do veículo. Ao perceber que seu carro foi roubado, o proprietário entra em contato com a central de rastreador e solicita o desligamento remoto do veículo. Dessa forma, o veículo fica impedido de se movimentar, o que aumenta as chances de recuperação do veículo.

5. Controla o movimento de cargas e encomendas

No caso de pessoas que possuem algum tipo de comércio que faça uso de veículos, é possível controlar a entrega de cargas e encomendas, além de saber qual o trajeto o motorista está realizando e se o cronograma está sendo cumprido. Além disso, é possível manter a segurança da carga, pois é possível determinar o local exato do veículo.

6. Não há análise de perfil do condutor

Quando se contrata um seguro auto com rastreador em empresas que oferecem os serviços de maneira atrelada, não é necessário fazer uma análise do perfil do condutor. Dessa maneira, o valor do seguro auto pode cair de maneira vertiginosa, além do processo se tornar menos burocrático.

7. Não limita a idade do veículo

Algumas seguradoras possuem limite de idade do veículo, algo que pode trazer um pouco de burocracia no momento da contratação. Porém, quando há um rastreador instalado no veículo, isso deixa de ser um empecilho e faz com que o processo ocorra de maneira mais fácil e natural.

8. Não há limite de quilometragem

A distância percorrida por um automóvel pode influenciar no valor do seguro auto, quando mais o carro andou, mais caro será o valor do seguro automotivo. Quando o seguro e o rastreador estão juntos, não há análise do perfil do motorista, tampouco relação aos hábitos de utilização, é um benefício para a seguradora e para o segurado.

9. Controle da rota de passageiros

Há muitas transportadoras que alugam seus veículos para excursões, ou então realizam transporte de alunos para escolas e/ou faculdades. O rastreador nesses veículos garante que não sejam feitos desvios de rota a fim de economias de quilometragem ou então de pedágios, por exemplo, além de garantir a segurança dos passageiros.

10. Preço acessível

Rastreadores veiculares possuem preços acessíveis de instalação e também de monitoramento e não fica caro em caso de carros antigos, nem muda de acordo com o perfil do motorista, facilitando a proteção em qualquer idade e para qualquer modelo de carro.

O seguro ainda é importante

Embora o rastreador seja um tanto quanto útil e traz uma série de benefícios aos seus usuários, o seguro auto não deve em hipótese alguma ser deixado de lado. O rastreador garante a localização exata do seu veículo, algo que diminui drasticamente as chances do carro ser levado para algum desmanche, porém, durante o roubo algumas peças do veículo podem ser retiradas e/ou então o carro se envolver em um acidente, por exemplo. Nesses exemplos a rastreadora não bancará com nenhum prejuízo, afinal, seu papel é apenas o de rastrear o veículo, um motorista sem seguro auto teria que arcar com todo o prejuízo citado.

Portanto una o útil ao agradável, coloque um rastreador em seu veículo, mas não deixe o seguro auto de lado. É ele quem vai te ajudar no caso de acidentes, amassados ou roubo de peças em veículos que foram roubados/furtados.

Se você ainda não possui seguro auto acessa agora mesmo esse link e faça sua cotação de acordo com seu perfil de condutor e contrate um seguro automotivo que seja se acordo com suas necessidades e seu perfil, pensou em segurança para seu carro e tranquilidade para sua cabeça, pensou em seguro auto.

Comentário (0)

Deixar comentários